Curso Técnico Superior Profissional em Metrologia, instrumentação e qualidade industrial – NOVO

O técnico em Metrologia, Instrumentação e Qualidade Industrial é um profissional com competências técnicas que, de forma autónoma ou integrado numa equipa, planeia, analisa, desenha e desenvolve aplicações para dispositivos móveis. A

Atividades Principais:

Avaliar e apoiar na implementação de sistemas de gestão da qualidade, aplicar e coordenar a aplicação de normas de qualidade, planear e realizar tarefas especificas de controlo de qualidade, principalmente em organizações indústrias, serviços e laboratórios de ensaios de acordo com os referenciais normativos em vigor e:

  • Participar com os órgãos responsáveis pela qualidade, na implementação do Sistema de Gestão de Qualidade;
  • Definir os procedimentos relativos ao controlo da qualidade para cada área funcional, de acordo com as necessidades e objetivos da empresa;
  • Implementar e acompanhar os procedimentos de controlo da qualidade
  • Avaliar os resultados da aplicação dos procedimentos de controlo da qualidade da empresa;
  • Implementar um sistema de gestão da qualidade;
  • Realizar auditorias da qualidade;
  • Apoiar na acreditação e gestão de laboratórios;
  • Realizar calibrações de equipamentos de medida;
  • Avaliar os resultados da calibração de equipamentos de medida;
  • Garantir as condições de higiene e segurança do trabalho.
  • Estrutura curricular

    Semestre Unidades Curriculares AC ECTS
    S1 Acreditação de laboratórios de ensaio e calibração 6
    S1 Metrologia de forças/ massa/ pressão 5
    S1 Metrologia de temperaturas/humidade 4
    S1 Metrologia dimensional 4
    S1 Metrologia elétrica/tempo/frequência 5
    S1 Programação laboratorial 6
    S2 Estágio IT 30

    AC – Área Científica Principal
    ECTS - Créditos ECTS
    Semestre - S1 (1.º Semestre); S2 (2.º Semestre): A (Anual)

  • Candidaturas

    Candidaturas disponíveis brevemente disponíveis

     

  • Quando se pode inscrever num curso TeSP?

    O período de candidaturas é definido anualmente no Edital do Concurso de Acesso aos Cursos Técnicos Superiores Profissionais.

  • Ação Social

    • Possibilidade de Bolsa de Estudo * que pode ir até 5.261,42 euros, paga em 10 prestações mensais.
      (valor mínimo assegura o pagamento da propina na íntegra)
    • Fundo de Emergência **
      (apoio a fundo perdido na aquisição de refeições, despesas de transporte e despesas de reprografia e material escolar)
    • Bolsa de Colaboradores **
      (participação remunerada dos estudantes em atividades adequadas do IPCA)
    • Alimentação ***
      (acesso a refeições a preços sociais)
    • Serviços de Saúde ***
      (acesso facilitado a consultas de clínica geral no Centro de Saúde de Barcelos e consultas gratuitas no Gabinete de Psicologia do IPCA)
    • Serviços de Transporte ***
      (serviço exclusivo de autocarro Braga-Campus do IPCA e Campus do IPCA-Braga, a preços sociais)

    * qualquer aluno pode candidatar-se a Bolsa de Estudo.
    ** exclusivo para estudantes em situação de carência económica.
    *** disponível para todos os estudantes do IPCA.

  • Propina

    Propina 2019/2020

    Despacho (PR) 51/2019

    • Regime geral: 700€, podendo ser paga em 10 prestações*
    • Estudante que ingressam ao abrigo do estatuto de estudante internacional: 1 300€

    *Ver Apoios Sociais.

  • Destinatários

    ACESSO DIRETO SEM REALIZAÇÃO DE PROVA

    • Titulares de um curso de ensino secundário profissional de Nível 4.
    • Titulares do 12º ano completo ou habilitação legalmente equivalente.
    • Titulares de um diploma de especialização tecnológica (CET).
    • Titulares de um grau de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional.

    ACESSO COM REALIZAÇÃO DE PROVA

  • Regime e local de funcionamento dos cursos

    Local de Funcionamento em 2020/2021: brevemente disponível

    O local e regime de funcionamento de cada Curso é definido anualmente no Edital do Concurso de Acesso aos Cursos Técnicos Superiores Profissionais.

  • Razões para tirar um curso TeSP

    • Desenvolver competências técnicas específicas para iniciar uma atividade profissional.
    • Adquirir formação de tipo superior e integração imediata numa empresa através de estágio de 6 meses.
    • Aumentar a possibilidade de encontrar um emprego, com maior expectativa salarial.
  • Avaliação/Acreditação

    Registo DGES

    Estado: Registado

    Número Registo: R/Cr 38/2020

    Data do registo: 02-04-2020